Melech Mechaya, os ritmos judaicos que vêm de Almada


Melech Mechaya vêm de Almada e para onde vão, ainda não sabemos. Realizam música Klezmer, sons que vão da fusão de ritmos ciganos à tradição judaica. Estes podem-se ouvir em Israel, pela Europa de Leste ou mesmo nos nova-iorquinos Gogol Bordelo e na banda de Emir Kusturica, com devidos descontos.

Em dois anos, Melech Mechaya lançaram um EP com o nome da banda e um primeiro longa duração. “Budja Ba”, editado pela Ovação em 2009, tem 16 faixas, 52 minutos e cinco autores endiabrados: João Graça  (Violino), Miguel Veríssimo (Clarinete), André Santos (Guitarra), João Sovina: (Contra-baixo) e Francisco Caiado ( Percussão).

À beira da segunda década do século XXI, deparamo-nos com uma fervilhante cena de sonoridades étnicas e de fusão na música portuguesa.

Artigo publicado no Do Vinil ao Digital a 12.03.2010

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.