A noite do Vampiro


Os vampiros andam entre nós desde que Bram Stoker cunhou o género. Em 1897 era editado “Dracula” e a partir dessa data sucederam-se “represálias” no teatro, sétima arte, tv e música.

Actualmente, o sangue e a eternidade vampresca vive grande pujança nas indústrias culturais. “Twillight”, “True Blood” e “Vampire Diaries”, sagas escritas adaptadas ao ecrã, prometem estender a tendência vermelha pelo menos por mais quatro anos.

Na música, tenho a agradável recordação de “Night of the Vampire” original de Roky Erickson interpretado pelos suecos Entombed. A banda pioneira do Death Metal europeu gravou este tema para o split EP com The New Bomb Turks editado em 1995. Nele insistia na fusão Rock Metal do qual “Wolverine”, prévio CD, tinha sido estandarte.

O vídeo foi gravado com baixo orçamento mas com um alto espírito de galhofice. Era um dos pontos altos de quem via programas como o “Headbangers Ball” da MTV há pouco mais de uma década.


Artigo publicado a 2.12.2009 no Do Vinil ao Digital

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.