Turbilhão no Twitter 1


As primeiras semanas deste ano são de turbilhão na esfera Twitter portuguesa. A um conjunto de seguidores de perfil mais “geek”, estão a juntar-se internautas com um diverso tipo de conhecimentos e interesses.

Por exemplo, há poucos dias assinalava a entrada de deputados à nossa Assembleia da República. Hoje, há que referir que dois líderes de bancada estão a dar os primeiros passos no Twitter: Pedro Mota Soares (CDS-PP) e Bernardino Soares (PCP).

Leonel Vicente (Memória Virtual) fazia há dias em Blogues (e deputados e jornalistas) afluem ao Twitter, uma excelente explanação e enumeração de bloggers, políticos e jornalistas que se juntaram recentemente ao mundo do micro-blogging. Estou em crer que, se hoje realizasse um novo apontamento, teria de acrescentar o dobro de nomes dado à torrente de novos utilizadores.

Nos últimos dias, dois eventos espoletaram a entrada de mais jornalistas, políticos e anónimos ao Twitter: o incidente do Airbus da US Airways em Nova Iorque e o congresso do CDS. A cobertura do tema pelos media tem sido relevante:

À noite, as notícias (RTPN)

Twitter. 140 caracteres de circulação mundial (Diário de Notícias)

Congresso: CDS «high tech» (IOL)

Fora do contexto, ou não, na última edição do periódico Meios & Publicidade, reflectia-se sobre a existência uma RP 2.0.

Não poderia deixar de assinalar a entrada em cena de Nuno Markl, um “achor” que, na minha opinião, está a contribuir em muito para a chegada de mais pessoas ao Twitter. Desde o seu re-interesse por esta plataforma de social networking, que data de 13 de Janeiro, já “conquistou a devoção” de quase 700 seguidores. Claro está, a opinião que partilha no blog e nos microfones da Antena 3 ajudou para a divulgação do Twitter.

Está muita coisa a acontecer neste momento no Twitter em Portugal, mas prognósticos só no fim do jogo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.

One thought on “Turbilhão no Twitter